12 setembro 2017

Resenha: Mulher Maravilha

O filme Mulher Maravilha foi um lançamento muito esperado 2017, além de ter uma grande atriz, Gal Gadot, foi uma produção de alta qualidade e de milhões de dólares, e claro com uma história espetacular, e venhamos e convenhamos, quem não gosta da mulher maravilha né galera? Ele ultrapassou a bilheteria mundial de Deadpool. Enquanto o longa do mercenário encerrou sua passagem pelos cinemas com US$ 783 milhões, o filme da heroína já arrecadou US$ 788 milhões e a Warner quer ver o filme indicado ao Oscar, além disso, ela estava gravida de 2 meses na gravação, mas não sabia.
Treinada desde cedo para ser uma guerreira imbatível, Diana Prince nunca saiu da paradisíaca ilha em que é reconhecida como princesa das Amazonas. Quando o piloto Steve Trevor se acidenta e cai em uma praia do local, ela descobre que uma guerra sem precedentes está se espalhando pelo mundo e decide deixar seu lar certa de que pode parar o conflito. Lutando para acabar com todas as lutas, Diana percebe o alcance de seus poderes e sua verdadeira missão na Terra.

Diana desde pequena já se interessava por luta, mesmo que sua mãe não quisesse, foi inevitável, ela começou o seu treinamento e não muito tempo depois ela já era uma das melhores, até que o espião americano Steve Trevor (Chris Pine – o Homão da porra) passando pela proteção da ilha fugindo dos alemães, é aí que ela descobre a guerra que está rolando e fica loca para ir defender o mundo.

Logo foi para o EUA, onde encontrou uma barreira de ir para luta, porem o HOMAO DA PORRA resolveu a situação indo escondido, com mais três amigos, e com a ajuda financeira de um cara importante, que já trabalhava com ele, Sir Patrick. Logo na primeira parada, numa vila que estava no meio do confronto, onde Diana mostrou o seu verdadeiro poder, e livraram a vila dos alemães.

Após isso, invadiram uma festa do lado alemão, e claro que ela não ia fica de fora. Enquanto Steve entrou como um dele, ela entrou como convidada, acabou dançando com General Ludendorff, e quando teve uma oportunidade de sacar a espada que estava escondida, Steve viu e a impediu.


Em seguida, encontram a base dos alemães e ela entra sozinha e já encontrando o General, onde ela luta com ele mas acaba matando ele e percebe que a guerra não acabou com a morte dele. E então é nessa hora que aparece Sir Patrick e ela descobre que ele é O Deus da Guerra e que ela é a verdadeira matadora de deuses, porque apenas um deus mata outro deus, que Zeus deixou a filha como arma conta ela, assim começando uma luta épica. Nesse meio, Steve percebe que o avião com as bombas está carregado e partindo, e se despede dela deixando o relógio que era do avo dele, e assim acaba se sacrificando e destruindo o avião no ar, enquanto Diana luta com o Deus, e assim acabando com ele e consequentemente com a guerra.


Título: Mulher Maravilha
Título original: Wonder Woman
Direção: Patty Jenkins
Data de lançamento no brasil: 1 de junho de 2017
Gênero: Ação / Aventura / Fantasia / Guerra
Duração: 2h 21 min
Warner bros. Picture

Avaliação
★★★★✰

O filme prende o telespectador, os atores trabalharam muito bem, os efeitos foram muito bem feitos, a história é emocionante, mas para mim eles poderia ter trabalhado mais nela, não mostrou muito dela na ilha no treinamento, uma hora ela estava adolescente e do nada já cortou pra ela adulta e já logo foi embora, também poderiam ter brincado mais com o fato dela não está habituada ao mundo fora da ilha, mesmo que ela esteja indo escondida, demorou para chega na parte boa, na guerra, além dos acontecimentos desta terem sido um pouco previsíveis, e o pior, O CHRIS PINE MORRENDO, O CAPITÃO KIRK NÃO PODIA MORRER (um homão da porra), mas o filme é maravilhoso e prende a gente! Recomendadíssimo!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Siga por email

Colisão Química © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.